"Direitos Humanos não são regalias. Não se cortam, não se discutem, cumprem-se"

| Política
Direitos Humanos não são regalias. Não se cortam, não se discutem, cumprem-se

A ver: "Direitos Humanos não são regalias. Não se cortam, não se discutem, cumprem-se"

O deputado do Bloco de Esquerda Jorge Falcato discursou esta sexta-feira na tribuna do Parlamento pela primeira vez. O parlamentar deu início ao debate sobre "políticas para a deficiência", tendo usado pela primeira vez a plataforma que permite o acesso de deficientes ao púlpito.

Num discurso de quase 15 minutos, Jorge Falcato sublinhou que "é fundamental" que os portadores de deficiência sejam cada vez mais "visíveis, mais presentes, mais conscientes dos nossos direitos".

"Falar de deficiência é falar de pessoas. De pessoas que são segregadas, excluídas, discriminadas por serem diferentes da norma. Que sobrevivem com pensões de miséria que mais parecem esmolas", alertou o deputado.

Jorge Falcato exigiu mudança e medidas para ajudar os portadores de deficiência, pedindo uma educação inclusiva e o respeito pela legislação das acessibilidades. "A deficiência não é uma questão médica, de caridade ou assistencialismo. É uma questão de direitos humanos", afirmou.

"Os direitos humanos não são regalias. Não se cortam. Não se discutem. Cumprem-se", concluiu Jorge Falcato.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.