Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse como Presidente da República

| Política
Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse como Presidente da República

Foto: Lusa/António Cotrim

Marcelo Rebelo de Sousa é, desde esta manhã, Presidente da República de Portugal.

Esta manhã, na Assembleia da República, o novo Chefe de Estado tomou posse do cargo, perante os 230 deputados e os mais de 500 convidados para a cerimónia oficial.

No discurso de abertura da cerimónia, o Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, considerou que Marcelo é "o Presidente certo no momento certo" e que dele se espera autonomia e "independência na ação".
 
No seu discurso, o vigésimo Presidente da República portuguesa apelou à unidade nacional, declarou a importância de "cicatrizar feridas destes tão longos anos de sacrifícios" e substituí-as por "novas convergências"que façam o país avançar, "nunca descrendo da democracia" e com a consciência de que "o que nos une é muito mais importante e duradouro do que aquilo que nos divide".

Marcelo Rebelo de Sousa falou também da necessidade de dar valor ao respeito pela dignidade humana, com crescimento, emprego e justiça social a par da viabilidade financeira, com "criação de consonãncias nos sistemas sociais e políticos".

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.