Rangel acredita que Sócrates não seria investigado se PS fosse Governo

| Eleições Legislativas 2015
Rangel acredita que Sócrates não seria investigado se PS fosse Governo

A ver: Rangel acredita que Sócrates não seria investigado se PS fosse Governo

Paulo Rangel acredita que se os socialistas estivessem no Governo não haveria um primeiro-ministro e um banqueiro sob investigação. O eurodeputado diz que esta legislatura ficou marcada por um ataque sério à corrupção.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.