Programas tv

No Dia Em Que ...

... ASSINÁMOS A EUROPA (1985)

Géneros

  • Séries Nacionais

Informação Adicional

... ASSINÁMOS A EUROPA (1985)

Episódio 3 de 6


As razões e os protagonistas da transição de Portugal Imperial à democracia, vista pela mão de muitos portugueses que desde cedo acreditaram na exequibilidade da construção de uma Europa unida, resultado dos efeitos da Segunda Guerra Mundial e do Plano Marshall dos Estados Unidos da América para a recuperação económica de Europa. A política de Salazar reage com as maiores cautelas, acabando por conseguir fazer acreditar que subscrevia o Plano Marshall sem na realidade o fazer. Já aí, Salazar, tendo embora um plano, afastava o país da nova forma política do pensamento europeu: mercado, democracia, anti-imperialismo, que acaba por elevar um plano de união económica a uma visão política e que só se reconhece numa união sustentada no respeito pela diversidade das nações, por oposição à imposição da união, que vem desde o Império Romano até Adolf Hitler. Em Portugal, são os últimos tempos da ditadura de Marcello Caetano que acabam por empurrar um dos mais convictos defensores dos novos conceitos de união da Europa para o exílio e, com isso, para a consolidação internacional dum projecto socialista para o país: Mário Soares, que após a Revolução de Abril se constitui como via para a modernização de Portugal, com a contribuição de Estado da visão mais à direita de Sá Carneiro. Vamos até ao momento da assinatura da adesão à Europa, pela mão de Mário Soares, no Mosteiro de Nossa Senhora de Belém, entregue por D. Manuel I à Ordem de S. Jerónimo no século XVI, hoje património Mundial.

Ficha Técnica

Título Original
No Dia Em Que ...
Realização
José Carlos Oliveira
Produção
MarginalFilmes
Autoria
José Carlos Oliveira
Ano
2007