Quando o deslize de um dirigente comunista desencadeou a queda do Muro

por António Louçã/Carlos Oliveira/Paulo Marcelino

Na série "50 anos, 50 notícias", o tema de 1989 foi a queda do Muro de Berlim. Entrevistando a politóloga Ines Lehmann, que viveu em Berlim a noite de 9 de Novembro, a RTP evoca o episódio decisivo: o deslize do dirigente comunista Günther Schabowski, que se atrapalha diante das câmaras de televisão sobre o momento em que se poderá passar a atravessar livremente o Muro, e diz que é "a partir de agora". E, "a partir de agora", milhares de pessoas dirigem-se ao Muro, e os guardas fronteiriços, desconcertados, deixam-nas passar.