Líderes mundiais na COP28. Países mais vulneráveis devem benefeciar do fundo climático

por RTP

Há vários discursos a destacar da COP28. O chanceler alemão Olaf Shcolz diz que os países mais vulneráveis %u200B%u200Bdevem beneficiar do fundo climático. E o primeiro-ministro da Noruega anunciou uma contribuição de 25 milhões de dólares.

Lula da Silva alerta que o incumprimento dos compromissos climáticos está a corroer as promessas das cimeiras anteriores.

Giorgia Meloni, primeira-ministra de Itália, garante que o país está a descarbonizar de forma pragmática e livre de "radicalismo desnecessário" e revelou que fornecerá 100 milhões de euros para o novo fundo de perdas e danos.
pub