Brasil registou 831 mortos e 32.817 casos nas últimas 24 horas

por Lusa

O Brasil registou 831 mortos e 32.817 casos confirmados de covid-19 nas últimas 24 horas, informou hoje o executivo, acrescentando que investiga a ligação de 2.422 óbitos com a doença.

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, o Brasil totaliza agora 139.808 vítimas mortais e 4.657.702 casos de infeção.

No momento, a taxa de letalidade da doença mantém-se no 3%, enquanto que a taxa de incidência é de 66,5 mortes e de 2.216,4 casos por cada 100 mil habitantes.

O Brasil, país lusófono mais afetado pela pandemia, atingiu hoje a barreira dos quatro milhões de pacientes recuperados da doença causada pelo novo coronavírus (4.023.789), ocupando a quarta posição mundial na lista de nações com maior número de recuperações.

Sob acompanhamento médico encontram-se 494.105 pessoas diagnosticadas com a covid-19 em território brasileiro.

Geograficamente, os estados que concentram o maior número de infeções são São Paulo (958.240), Bahia (301.248), Minas Gerais (278.901) e Rio de Janeiro (257.985).

Já as unidades federativas com mais mortes são São Paulo (34.677), foco da pandemia no país, seguido pelo Rio de Janeiro (18.037), Ceará (8.882) e Pernambuco (8.110).

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 978.448 mortos e quase 32 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

pub