Baptista Bastos considera que "obra de Fernando Lopes é uma espécie de autobiografia"

| Cultura
Baptista Bastos considera que obra de Fernando Lopes é uma espécie de autobiografia

O jornalista Baptista Bastos era amigo de longa data de Fernando Lopes. São dele as entrevistas que preenchem o filme-documentário "Belarmino". Olha para os filmes que vê como uma espécie de história da vida do realizador agora desaparecido.

Fernando Lopes, realizador de filmes como "Belarmino" (1964) e "Uma abelha na chuva" (1971), que dizia "beber demais, fumar demais" e comover-se demais, morreu hoje, aos 76 anos, no hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

(com Rui Mendes)

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.