Cinco novas rotas de arte urbana no Porto e Vila do Conde para ver Vhils ou Hazul

| Cultura

Obras dos artistas Vhils, Hazul, Mr. Dheo ou Third podem ser vistas no âmbito do projeto StreetArtCEI, que apresenta cinco rotas de percursos culturais alternativos criadas no Porto e Vila do Conde, anunciou hoje o Politécnico do Porto.

As rotas do Marquês, Bolhão, Trindade, São Bento e Vila do Conde são os cinco trajetos turísticos de arte urbana no Norte do país e disponíveis `online`, onde se podem ver imagens de "manifestações artísticas marginais com visibilidade acessível e elevada qualidade estética. (...) Neste mapa constam artistas como Vhils, Hazul, Mr. Dheo ou Third", refere o Politécnico do Porto, que lidera o projeto através do Centro de Estudos Interculturais (CEI).

O grande objetivo do projeto StreetArtCEI é democratizar o acesso a esta forma de expressão artística e captar turistas para a descoberta das principais artérias turísticas da região norte, valorizando mesmo economicamente, as manifestações artísticas que as cidades oferecem, tanto a visitantes como a habitantes", explica o Politécnico do Porto.

As imagens foram selecionadas e georreferenciadas, gerando um mapeamento que demonstra os padrões de recorrência espacial dessas manifestações artísticas.

"Sobrepomos esse mapeamento às disponibilidades de acesso, transporte e infraestruturas urbanas e à duração de um hipotético percurso pedestre", explica Clara Sarmento, investigadora líder deste projeto.

O projeto prevê, numa segunda fase, identificar mais rotas turísticas de arte de rua, abrangendo Braga, Aveiro e Ovar, com ligação a rotas semelhantes no Sul, nomeadamente na Grande Lisboa.

O StreetArtCEI é uma `spin-off` (empresa nova criada para explorar produtos ou serviços tecnológicos ou inovadores, concebida a partir de um grupo de pesquisa ou centro de investigação), do projeto "TheRoute -- Tourism and Heritage Routes including Ambient Intelligence with Visitants` Profile Adaptation and Context Awareness", liderado pelo Politécnico do Porto.

Tópicos:

Hazul, Heritage Res Ambient Intelligence Visitants Profile Adaptation, Vhils Hazul Mr Dheo, Vhils Hazul,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.