Espanhola Sílvia Pérez Cruz atua no Convento São Francisco, em Coimbra

| Cultura

A cantora espanhola Sílvia Pérez Cruz apresenta no sábado, no Convento São Francisco, em Coimbra, o seu último álbum, "Vestida de Nit", um disco onde há espaço quer para Leonard Cohen quer para "A Lambada".

A cantora espanhola surge em Coimbra para apresentar "Vestida de Nit", o último disco, "gravado com um quinteto de cordas" e que resulta de um trabalho "de palco amadurecido que começou a ser desenvolvido em 2014", apesar de ter sido gravado em apenas dois dias, revela o Convento São Francisco, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

"Vestida de Nit" é "um álbum que mistura músicas próprias com outras que pediu emprestadas", apresentadas com "uma cor diferente dada pelos arranjos de Javier Galiana de La Rosa, Joan Antoni Pich" e da própria Sílvia Pérez Cruz.

A cantora, sublinha o Convento São Francisco, "é uma das vozes mais arrebatadoras surgidas recentemente na Península Ibérica", sendo que o jornal espanhol El País a classificou de uma voz em liberdade, onde o jazz, o flamengo ou a música popular "convivem pacificamente".

O último trabalho é sinal disso mesmo, em que a cantora espanhola transforma "A Lambada" e interpreta um hino contra a ditadura franquista "Gallo rojo, gallo negro", de Chicho Sánchez Ferlosio, cantando também Leonard Cohen, Amália Rodrigues, Fito Páez ou García Lorca.

Sílvia Pérez Cruz estreou-se como compositora com o álbum "11 de novembro", em 2012, seguindo-se "Granada" (2014) e "Domus" (2016), trabalho que lhe valeu o Prémio Goya por melhor canção original.

O concerto em Coimbra realiza-se no grande auditório do Convento São Francisco, às 21:30. Os bilhetes variam entre os 10 e os 15 euros para o público geral.

Tópicos:

Leonard Cohen Amália, Nit,

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.