Espontâneo 2017: Teatro de Improviso está de volta a Sintra

| Cultura
Espontâneo 2017: Teatro de Improviso está de volta a Sintra

A ver: Espontâneo 2017: Teatro de Improviso está de volta a Sintra

O único festival internacional em Portugal, dedicado em exclusivo à arte da improvisação teatral, acontece de 20 a 23 de Abril, no Centro Cultural Olga Cadaval.
A sexta edição dá destaque à improvisação em língua portuguesa juntando convidados quer portugueses quer brasileiros, mas traz atores de muitas outras latitudes a Sintra.

Portugal, Brasil, Colômbia, Estados Unidos, Espanha, França e Reino Unido, são os países representados na sexta edição do Espontâneo.

De entre os convidados internacionais de luxo, destacam-se Gustavo Miranda e André Giraldo do elenco do famoso espetáculo PORTÁTIL, do grupo de comédia brasileiro PORTA DOS FUNDOS; e a lendária improvisadora norte-americana Susan Messing.

Todas as noites, para além do espetáculo principal, o público terá ainda a oportunidade de assistir a ensembles improvisados com a participação de todos improvisadores que participam no festival, e de frequentar diversos workshops de improvisação, lecionados pelos convidados internacionais.

O Espontâneo abre também as portas aos novos valores da improvisação, com o espetáculo Mistr Impro, um campeonato improvisadamente cómico, no qual o público elegerá o melhor improvisador da noite.

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Por que razão não voltou o Homem ao satélite natural da Terra desde a década de 70 do século XX? Uma das explicações pode estar na poeira que cobre a superfície da Lua.