Martin López Lam edita banda desenhada "Sírio" em Portugal

| Cultura

A banda desenhada "Sírio", do autor peruano Martin López Lam, é editada esta semana, e o autor estará a apresentá-la no sábado na feira de edição independente Raia, em Lisboa, revelou a editora Chili com Carne.

Editado originalmente em castelhano, em 2016, "Sírio" é um romance gráfico sobre um casal que passa o tempo, muma estância turística junto ao mar, contemplando as nuvens de dia e a escutar os cães à noite, até ao momento em um homem aparece morto na piscina.

Desenhado em tons de azul e amarelo, "Sirio" foi descrito pelo autor, numa entrevista à agência Efe em 2016, como um `thriller` que se mistura com uma teoria filosófica sobre a vida e a morte, o amor e a apatia.

"Desde início a intenção da banda desenhada foi mergulhar o leitor numa espécie de experiência narrativa que suporta a história, porque o argumento é bastante pequeno e pode resumir-se numa frase. Mas não tive a intenção de contar uma sucessão de anedotas, reflexões ou ações; tinha de ser algo como uma não-ação, uma anti-história", disse o autor na mesma entrevista, quando o livro saiu em 2016 em Espanha.

Nascido em Lima, em 1981, e a viver há mais de uma década em Espanha, Martin López Lam é autor de outras histórias em banda desenhada, como "Parte de todo esto" (2013) e "El título no corresponde", e é editor do selo Ediciones Valientes.

"Sírio" será o primeiro título da "Rubi", uma nova coleção da editora independente Chili Com Carne "dedicada a romances gráficos à escala global".

"Sobretudo será uma seleção criteriosa de romances gráficos, para contrabalançar a literatura `light` que tem inundado o mercado português nos últimos quatro anos", refere o editor Marcos Farrajota, da Chili com Carne, na nota de divulgação do livro.

"Sírio" será editado no âmbito da terceira edição da Raia, iniciativa dedicada aos pequenos editores e artistas gráficos, que decorrerá no fim-de-semana no espaço Anjos70, em Lisboa.

Tópicos:

Efe, Farrajota Chili, Nascido Lima,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entre 1999 e 2002 nasceram três novos bairros. Passadas duas décadas, muitos residentes dizem-se abandonados.

Entrevista da correspondente da RTP em França, Rosário Salgueiro.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.