ModaLisboa: 53.ª edição prossegue hoje com Nuno Gama, Ricardo Preto e Dino Alves

por Lusa

Lisboa, 12 out 2019 - A 53.ª edição da ModaLisboa prossegue hoje, na zona do Campo de Santa Clara, com a apresentação de coleções, acessíveis por convite, mas também exposições e uma loja temporária, abertas ao público em geral.

O edifício das Antigas Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento acolhe duas `passerelles` onde serão hoje apresentadas as propostas para a primavera do próximo ano de Nuno Gama, Imauve, João Magalhães, Patrick de Pádua, Ricardo Preto, Aleksandar Protic, Luís Onofre, Ricardo Andrez e Dino Alves, bem como a coleção que Alexandra Moura criou para a marca Decenio.

Os desfiles são, como habitualmente, acessíveis por convite, mas por estes dias há, nas Antigas Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento, várias iniciativas abertas ao público em geral.

Entre essas iniciativas contam-se uma exposição da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS), o Showcase ModaPortugal, do Centro de Inteligência Têxtil (CENIT) e da Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção (ANIVEC), que reúne moda, `lifestyle` e cultura, e a loja temporária Wonder Room, que reúne marcas de joalharia, calçado, vestuário e `lifestyle`.

Além disso, na zona central do edifício, o Jardim das Laranjeiras, foi instalada uma pequena zona de restauração.

O programa da 53.ª edição da ModaLisboa volta a incluir o Check Point, um espaço de encontro da indústria, que inclui oficinas e debates.

Ainda no âmbito da ModaLisboa, até domingo, o Museu Militar de Lisboa e a respetiva Sala dos Gessos terão entrada livre.

Tópicos