Morreu aos 82 anos a pianista Olga Prats

por RTP

Ao longo de uma carreira de quase 70 anos, foi um nome maior sobretudo da música de câmara, dedicando-se também à produção contemporânea. Olga Prats fez parte do grupo Opus Ensemble o mais importante grupo de música de câmara português.

Além de Fernando Lopes-Graça, foi também colaboradora próxima de outros compositores, como Constança Capdeville e Victorino d'Almeida.

Todos lhe dedicaram peças e a pianista estreou várias composições suas.

Lecionou no Conservatório Nacional e na Escola Superior de Música de Lisboa até novembro de 2008.

Começou a tocar piano aos seis anos e aos 14 dava o primeiro recital.

Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e a ministra da Cultura reagiram à morte da pianista lembrando a carreira enquanto pianista e professora.

Os concertos para dois, três e quatro pianos de J.S. Bach, Orquestra Sinfónica Portuguesa em maio de 2020, foram uma das últimas aparições de Olga Prats.
pub