Quadro de Edward Hopper arrematado por 92 milhões de euros em leilão

| Cultura

Uma pintura do norte-americano Edward Hopper, "Chop Suey", foi arrematada num leilão em Nova Iorque por cerca de 92 milhões de euros, um valor recorde para uma obra daquele artista vendida em leilão.

De acordo com vários órgãos de comunicação social internacionais, "Chop Suey", pintado em 1929, que retrata duas mulheres a conversar à mesa de um restaurante, foi um dos 91 quadros do espólio do empresário norte-americano Barney Ebsworth, que morreu em abril, e que foi a leilão na terça-feira, na leiloeira Christie`s.

O quadro tinha um valor estimado entre cerca de 62 milhões e 89 milhões de euros. O empresário tinha-o comprado em 1973, por cerca de 160 mil euros.

No mesmo leilão foi estabelecido um novo recorde, desta vez para o pintor holandês Willem de Kooning, cuja obra "Woman as Landscape", pintada na década de 1960, atingiu perto de 61 milhões de euros.

A coleção de Barney Ebsworth foi descrita pela Christie`s como "representativa da ascensão da arte norte-americana ao longo do século 20", com uma variedade de estilos, do cubismo à abstração.

Os 91 quadros a leilão estavam avaliados em cerca de 311 milhões de euros.

 

Tópicos:

Willem,

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.