Em direto
Euro2024. Acompanhe aqui, ao minuto, o encontro do Grupo B entre Espanha e Croácia

Sindicatos falam de forte adesão à greve nos museus

por Antena 1

Foto: AFP

Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, Castelo de Guimarães ou Convento de Cristo em Tomar são alguns dos monumentos que estão esta quinta-feira fechados por causa do protesto.

Os funcionários da empresa Museus e Monumentos de Portugal queixam-se de atrasos no pagamento de feriados e de horas extra. O dirigente sindical Orlando Almeida explica que, em alguns casos, foi preciso fechar portas.

A empresa Museus e Monumentos de Portugal foi criada no ano passado. Os trabalhadores dizem que desde o primeiro dia houve falhas e falta de clareza nos pagamentos.

Se entretanto a administração da empresa não regularizar a situação, os trabalhadores prometem voltar à greve aos dias feriados e às horas extraordinárias a partir de 10 de junho.
pub