Teatro Tivoli sopra 99 velas e inicia comemorações do centenário

por Arlinda Brandão - Antena 1

Fotos: Arlinda Brandão - Antena 1

O Teatro Tivoli, em Lisboa, celebra 100 anos neste mesmo dia, 30 de novembro do próximo ano, mas arranca esta quinta-feira com as comemorações do centenário com a opereta "O Morcego", de Johann Strauss II. O elenco é integralmente português.

A agenda comemorativa, já apresentada, inclui 30 produções nacionais e internacionais, estando previstos cerca de 250 sessões de cinema, dança, música, teatro, programas para a família e conferências.

Localizado na Avenida da Liberdade, em Lisboa, o Tivoli foi uma iniciativa de Frederico Lima Mayer, que queria dotar a capital de uma sala de espetáculos que ombreasse com outras da Europa.

A traça do cineteatro, propósito para o qual foi edificado, é do arquiteto Raul Lino, e iniciou a sua atividade em 1924, com a projeção do filme "Violetas Imperiais", de Henry Roussel.

Nos últimos anos têm decorrido obras para aproximar o Teatro do que era há um século.

A Antena 1 empreendeu uma viagem no tempo e apresenta o que tem sido feito para restaurar o Tivoli.


Desde a sua fundação, no teatro atuaram, entre outros, os maestros Thomas Beecham, Frederico de Freitas ou Ibo Cruz, os pianistas Arthur Rubenstein, José Vianna da Motta, Sequeira e Costa ou Maria João Pires, o violinista Yehudi Menuhin e a violoncelista Guilhermina de Suggia.
pub