Bruxelas aprova aquisição da LaudaMotion pela Ryanair

| Economia

|

A Comissão Europeia aprovou sem quaisquer condições a aquisição da companhia aérea austríaca LaudaMotion pela Ryanair, considerando que o negócio não levanta quaisquer questões em matéria de concorrência no Espaço Económico Europeu, foi hoje divulgado.

A decisão diz respeito ao projeto de aquisição do controle exclusivo da LaudaMotion pela transportadora aérea Ryanair.

A LaudaMotion, esclareceu a Comissão Europeia, é a empresa através da qual o ex-piloto de Fórmula 1 Niki Lauda readquiriu, em janeiro de 2018, os ativos da NIKI, a companhia aérea de lazer que criou em 2003 e que, posteriormente, tinha sido integrada na Air Berlin.

Os ativos da NIKI estavam à venda porque, em dezembro de 2017, a Lufthansa decidiu não adquirir a NIKI, tendo esta solicitado, em consequência, a abertura de um processo de insolvência.

A LaudaMotion, registada na Áustria, adquiriu uma grande parte dos ativos da NIKI, tendo começado a explorar uma série de voos regulares de passageiros, principalmente com partidas da Alemanha, Áustria e Suíça para destinos no Mediterrâneo e nas ilhas Canárias.

A Ryanair, com sede na Irlanda, é uma companhia aérea de baixo custo que opera em toda a Europa, nomeadamente em Lisboa, Porto e Faro.

Tópicos:

Alemanha Áustria, Canárias, Fórmula Niki Lauda, LaudaMotion, Ryanair,

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.