Bruxelas lança plano de ação no outono para comboios de longa distância

por Lusa

A Comissão Europeia (CE) vai lançar, no outono, um plano de ação para estimular os transportes ferroviários de longa distância, depois de concluir um estudo sobre esta matéria, adiantou hoje, no Parlamento, a Comissária europeia dos Transportes, Adina Valean.

Numa audição conjunta das Comissões dos Assuntos Europeus e da Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, a responsável revelou "há um impulso especial em diferentes países para os comboios de longa distância e noite", mas, ressalvou, "têm de ser viáveis economicamente" porque a CE não pode "subsidiar tudo". 

"Estamos a elaborar um estudo na Comissão para identificar os obstáculos à viabilidade económica destes projetos", indicou.

De acordo com Adina Valean, esse trabalho já demonstrou "que as pessoas preferem o comboio ao avião em distâncias inferiores a três horas".

A Comissária revelou depois que a CE vai "propor um plano de ação para estimular os transportes ferroviários de longa distância" já "no outono".

A responsável europeia reconheceu ainda que, quando se fala em sistema de transportes, é preciso falar na sua "dimensão social", passando por ter "preços acessíveis", mas também por melhores "condições para os trabalhadores do setor".

"Temos uma falta preocupante de trabalhadores dos transportes", adiantou, salientando que a CE está a tentar "aumentar a atratividade [do setor] para as mulheres e jovens" e alertando que serão "necessárias novas competências".

 

pub