Câmara do Porto ordena fecho de centenas de lojas do centro comercial Stop

por Lusa

Mais de uma centena de lojas do Centro Comercial Stop, na Rua do Heroísmo, no Porto, estão a ser seladas pela Polícia Municipal "por falta de licenças de utilização para funcionamento", justificou hoje a Câmara Municipal.

Em comunicado, a autarquia presidida pelo independente Rui Moreira avança que estão a ser seladas 105 das 126 lojas deste centro comercial.

A operação começou de manhã e obrigou à saída de lojistas, tendo alguns músicos do Stop permanecido no exterior do centro comercial.

Na nota enviada às redações, a Câmara Municipal do Porto justifica a operação "por falta de licenças de utilização para funcionamento", mas garante que este "não é um processo de encerramento" do centro comercial.

Tópicos
pub