DBRS sobe `rating` de longo prazo do Santander Totta

| Economia

A DBRS melhorou hoje o `rating` de longo prazo do Santander Totta, de `BBB` (high) para `A` (low), mantendo a perspetiva da nota em estável.

A agência de notação financeira canadiana informou hoje que esta decisão surge depois da confirmação do `rating` da casa-mãe, o espanhol Santander, em `A`.

A DBRS justifica a subida do `rating` do Santander Totta com "o apoio forte e previsível" ao banco pela instituição-mãe, sublinhando que as notas do Santander Totta "em geral vão movimentar-se em linha com os `ratings` da dívida de longo prazo do Santander".

Além disso, a agência de `rating` considera que, com a compra do Banco Popular Portugal, o Santander vai "melhorar ainda mais a sua posição" e "solidificar a sua posição no segundo banco em Portugal".

A DBRS espera que, se for necessário, o apoio da casa-mãe seja dado "atempadamente" ao Santander Totta, uma vez que "as consequências reputacionais para o Santander de qualquer falha de apoio percecionada seriam substanciais".

Tópicos:

Popular, Santander Totta,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.