Défice do Estado baixou 1110 milhões de euros nos primeiros sete meses do ano

por RTP

O défice do Estado baixou 1110 milhões de euros nos primeiros sete meses deste ano, quando comparado com igual período do ano passado. De acordo com o Ministério das Finanças, o Estado registou até julho um saldo negativo de mais de 2600 milhões de euros.

Para esta melhoria contribuiu o aumento da receita fiscal de mais de cinco por cento, graças sobretudo ao maior encaixe com o IVA e com o IRC que incide sobre os lucros das empresas.

A ajudar a estas contas estão também as contribuições para a Segurança Social, que subiram sete por cento. A despesa também aumentou 2,5 por cento.

O gabinete de Mário Centeno diz que esta subida se deve sobretudo aos gastos do Serviço Nacional de Saúde, para níveis anteriores à chegada da troika ao país.

O Ministério das Finanças destaca ainda o aumento da despesa na área da Cultura e nas empresas ligadas aos transportes, como a Infraestruturas de Portugal e a CP.