Entrevista a ex-CEO da TAP. A difamação da sua imagem em Portugal "é política não são negócios"

por Sandra Henriques - Antena 1

António Cotrim - Lusa (arquivo)

Em entrevista à CNN Portugal, a ex-presidente executiva da TAP, Christine Ourmiéres-Widener, diz que foi alvo de chantagem e garante que aprendeu uma lição, a de nunca mais voltar a trabalhar para uma companhia aérea do Estado. A gestora afirma que em Portugal estão a desenhar uma imagem sua que não corresponde à verdade e que se trata de "política não de negócios".



Nesta entrevista que vai ser transmitida na íntegra, esta noite, Christine Ourmiéres-Widener afirma que "estão a tentar convencer as pessoas de que o meu percurso no setor está recheado de fracassos, estão a tentar convencer toda a gente de que não sou uma pessoa honesta".

"Sou um monstro para eles, um verdadeiro monstro", acrescenta.

pub