Grupo Ardonagh conclui compra de 100% da MDS à Sonae e IPLF Holding

por Lusa

O grupo Ardonagh anunciou hoje ter concluído a aquisição da multinacional portuguesa de corretagem de seguros MDS, numa transação com um encaixe de 100 milhões de euros e uma mais-valia de 74 milhões de euros para a Sonae.

"O grupo Ardonagh anuncia hoje que, na sequência do anúncio de 23 de dezembro de 2021, a sua subsidiária Ardonagh Overseas Investments Limited concluiu a aquisição do grupo MDS, um corretor de seguros e consultor de gestão de risco no mundo de língua portuguesa e Europa", lê-se num comunicado divulgado hoje.

De acordo com a Ardonagh, "o grupo MDS irá ficar integrado na Ardonagh Global Partners, lançada em janeiro de 2021 para investir em organizações de referência e respetivas equipas de gestão em todo o mundo e, consequentemente, apoiar suas ambições de crescimento".

"A equipa de gestão liderada pelo CEO [presidente executivo] Global do grupo MDS, José Manuel Fonseca, continuará a liderar um plano de crescimento em todos os territórios da MDS", avança.

Fundado há mais de 35 anos e com sede no Porto, o grupo MDS está presente em Lisboa e em mais 13 localidades em Portugal e tem escritórios no Brasil - onde se assume como "a maior corretora independente do país" -, assim como em Angola, Moçambique, Espanha, Suíça e Malta.

"É o único Lloyd`s Broker português", destaca ainda o grupo Ardonagh.

Com mais de 1.000 colaboradores, o grupo MDS gere anualmente mais de 900 milhões de euros em prémios de seguro, contando com 1,2 milhões de clientes privados e empresariais.

Além das operações de corretagem e de mediação de seguros, o grupo MDS detém ainda a Highdome PCC, em Malta, que disponibiliza soluções alternativas ao mercado de seguros tradicional, incluindo soluções cativas e de resseguro para grandes clientes; a RCG - Risk Consulting Group, uma empresa especializada em consultoria de gestão de riscos; e a MDS Reinsurance Solutions, uma empresa especializada focada em projetar e fornecer soluções de corretagem de resseguro.

Segundo destaca o grupo Ardonagh, "a MDS também é membro fundador e acionista da Brokerslink, uma empresa global de corretagem fundada pelo grupo e que está presente em 130 países".

Citado no comunicado, José Manuel Fonseca afirma que "o anúncio de hoje marca um novo e entusiasmante capítulo na vida do grupo MDS": "Vemos na Ardonagh e na sua equipa de liderança uma combinação perfeita para a nossa visão e ambições de crescimento", sustenta o CEO, considerando que "a MDS fica muito mais forte a partir de hoje, com acesso à dimensão e escala da Ardonagh e aos importantes recursos em especialização, tecnologia e capital que a acompanham".

Por sua vez, o CEO da Ardonagh Global Partners refere: "Temos trabalhado com o José Manuel e com a sua equipa nos últimos meses para desenvolver a nossa jornada futura de crescimento e estamos muito entusiasmados em trabalhar com a MDS, uma plataforma de corretagem tão distinta e reconhecida nos territórios onde está presente, pelo forte serviço ao cliente, inovação e profissionalismo".

"Estamos muito satisfeitos por poder trazer mais recursos e capital para apoiar os negócios do grupo MDS a se tornarem mais fortes, continuando a tirar o máximo partido do rápido crescimento e evolução dos mercados e economias", acrescenta Des O`Connor.

Em 23 de dezembro de 2021, a Sonae e a IPLF Holding anunciaram ter acordado com o The Ardonagh Group a venda de 100% da MDS, numa transação com um encaixe de 100 milhões de euros e uma mais-valia de 74 milhões de euros para o grupo da Maia.

Num comunicado então publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae indicou que, "após uma longa e bem-sucedida parceria, a Sonae e a IPLF Holding acordaram os termos desta transação com o The Ardonagh Group, o que permitirá ao grupo MDS e à sua experiente equipa de gestão acelerar ainda mais o seu plano de crescimento e presença geográfica através da parceria com um corretor de seguros líder na Europa, com um forte historial e experiência no setor".

De acordo com a mesma nota, esta operação "enquadra-se plenamente na estratégia de gestão ativa de portefólio da Sonae, dado tratar-se de uma transação atrativa que potencia a criação de valor acionista". A Sonae detinha 50% da MDS e os restantes 50% estavam nas mãos da IPLF Holding.

O Ardonagh Group apresenta-se como "uma das principais plataformas independentes de distribuição de seguros do mundo", que atua "como um conjunto das melhores marcas empreendedoras e especializadas em seguros, presentes em mais de 150 localizações e uma força de trabalho combinada de mais de 9.000 colaboradores".

"No nosso portfólio encontra-se uma gama altamente diversificada de produtos e serviços em toda a cadeia de valor de seguros no Reino Unido, Irlanda e mercados internacionais mais amplos. Desde organizações multinacionais complexas a clientes particulares que compram apólices de seguro individuais, o nosso conhecimento das comunidades onde estamos presentes, juntamente com nossa dimensão e escala, permite-nos trabalhar com os nossos parceiros seguradores para oferecer uma ampla gama de produtos e soluções de risco", refere.

pub