Pagamentos antecipados ao FMI permitiram uma poupança de mil milhões de euros

por RTP

Portugal pagou a dívida ao FMI. O pagamento antecipado da última tranche de cinco mil milhões de euros colocou ponto final numa dívida que ascendeu a 28 mil milhões de euros.

O ministro das Finanças admite agora pagamentos antecipados aos outros credores da troika, desde que signifiquem uma poupança nos juros.
pub