SIMAB obtém em 2016 "o melhor resultado consolidado de sempre" e lucra 4,9 ME

| Economia

A Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores (SIMAB) obteve em 2016 "o melhor resultado consolidado de sempre", atingindo um resultado líquido recorrente positivo de 4,9 milhões de euros, mais 18% do que no ano anterior, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a empresa de capitais públicos que presta serviços de conceção, instalação, dimensionamento, revitalização e modernização de mercados abastecedores e municipais refere ainda uma subida de cinco pontos percentuais, para 68,5%, da margem do EBITDA (resultados antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) recorrente, "refletindo o efeito conjugado do aumento do volume de negócios e da redução dos gastos operacionais".

"O reforço da capacidade de geração de `cash-flow` e uma criteriosa política de investimentos permitiram, em 2016, uma redução da dívida financeira em 6,8 milhões de euros (-10%), fatores que permitem enfrentar com maior confiança os desafios de desenvolvimento e crescimento para o futuro", sustenta a SIMAB.

Na assembleia geral de acionistas que aprovou o relatório e contas do exercício de 2016 foi ainda estabelecido um plano estratégico 2017 -- 2021 para o grupo SIMAB que define como "prioridades de atuação o crescimento sustentável e criação de valor, atrair a logística e distribuição moderna, desenvolver a área de prestação de serviços, afirmar a sua imagem institucional e assegurar a valorização dos seus recursos humanos".

No ano passado, a empresa diz ter apostado na realização de parcerias "de forma a consolidar a sua estratégia nas áreas da inovação, investimento e investigação, bem como na promoção dos setores de atividades desenvolvidos pelos mercados abastecedores".

"Nesse sentido, a parceria com o órgão operacional `Portugal Sou Eu` resultou na promoção do programa extensível a todo o país", refere, afirmando ter sido "igualmente reforçada a parceria com a Loures INOVA, no âmbito do protocolo de cooperação para a implementação de um Pólo de Inovação em Loures, celebrado juntamente com a Câmara Municipal de Loures e o MADAN Parque".

Com vista à "aproximação de estudantes com o meio envolvente empresarial", a SIMAB diz ter ainda celebrado dois protocolos com o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e a Faculdade de Arquitetura da universidade de Lisboa.

A SIMAB gere atualmente os mercados das regiões de Lisboa, Braga, Évora e Faro e reclama a liderança nacional na área da reconversão e requalificação de mercados municipais.

 

 

Tópicos:

Loures IA, MADAN, Pólo Iação, Sou,

A informação mais vista

+ Em Foco

A causa do incêndio do Pedrogão Grande terá sido uma linha elétrica de média tensão. Esta é uma das principais conclusões do relatório que o professor Xavier Viegas entregou ao Governo.

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.