Suinicultores entregam 200 leitões vivos a famílias da região Centro

| Economia

Mais de 200 leitões vivos são oferecidos, na quarta-feira, a famílias atingidas pelos incêndios deste ano na região Centro, numa iniciativa da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS).

Em comunicado, a FPAS informa que a ação começa às 08:00, na Pampilhosa da Serra, onde serão entregues 22 animais, dos quais 19 ficam neste concelho do distrito de Coimbra, sendo os restantes para Oleiros e Sertã, no distrito de Castelo Branco.

"A intenção é levar vida onde o fogo a colocou em perigo, é levar uma companhia, uma esperança às nossas aldeias e aos lares atingidos, lares onde tanto se carece de vida. Em tempos recentes, fomos nós que pedimos solidariedade. Hoje, é tempo para sermos solidários para com os que mais necessitam", afirma o presidente da federação, Vítor Menino, citado na nota.

Além dos porcos jovens, serão distribuídos ao longo do dia, em diversos municípios, 200 sacos de ração para animais "às famílias vítimas dos incêndios que assolaram o Centro" de Portugal, especialmente entre junho e outubro.

As entregas prosseguem em Góis, às 10:00, com 29 leitões para pequenos produtores deste concelho e de Arganil.

Penacova (11 animais), Oliveira do Hospital (71), Gouveia (6), Carregal do Sal (23), Nelas (5), Oliveira de Frades (12) e Castelo de Paiva (25) são outros concelhos onde a FPAS levará a sua solidariedade, cumprindo um programa em que Vítor Menino será acompanhado do vice-presidente da direção, David Neves.

Fundada em 1981, a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores é uma organização sem fins lucrativos "que visa o estudo e o acompanhamento das questões relativas à suinicultura" e que "contribui, ainda, para a definição de estratégias e políticas de regulação e desenvolvimento geral do setor", entre outras responsabilidades.

Tópicos:

Arganil Penacova, Góis às, Incêndios Suinicultores, Neves Fundada, Oleiros, Pampilhosa Serra,

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.