Transparência Internacional pede investigação a subsídio de desemprego a presidente do IEFP

por Antena 1

A associação Transparência Internacional defende uma investigação à atribuição do subsídio de desemprego à presidente demissionária do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Adelaide Franco demitiu-se do cargo, depois das críticas ao facto de ter acumulado o subsídio com trabalhos pontuais que realizava para a empresa da qual foi despedida, da qual é sócia e que é gerida pela própria filha. A notícia da demissão foi avançada hoje pelo Jornal de Negócios.

Ouvido pela Antena 1, Nuno Cunha Rolo, da Transparência Internacional, considera que é essencial apurar se existiu de facto uma ilegalidade, na atribuição do subsídio de desemprego a esta responsável.

A associação Transparência Internacional a defender mais esclarecimentos sobre a atribuição do subsídio de desemprego a Adelaide Franco.

A presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional que apresentou a demissão, na sequência desta polémica.
pub