Jerónimo admite que Nóvoa e anunciado triunfo de Marcelo prejudicaram Edgar

por Lusa

Lisboa, 26 jan (Lusa) - O secretário-geral do PCP reconheceu hoje, após reunião do Comité Central, que o pior resultado de um candidato presidencial comunista, domingo, resultou da adesão ao concorrente Sampaio da Nóvoa e da anunciada vitória de Marcelo Rebelo de Sousa.

"Nestas eleições, o objetivo declaradamente assumido de derrotar o candidato de PSD/CDS e colocar na Presidência quem contribuísse para a defesa e cumprimento da Constituição foi entendido por muitos democratas e patriotas como uma expressão do seu voto na candidatura de Sampaio da Nóvoa na primeira volta, antecipando aquilo que apenas se colocaria na segunda volta, afetando assim o resultado de Edgar Silva", disse Jerónimo de Sousa.

O líder comunista acrescentou ainda que os escassos 4% obtidos por Edgar Silva também se deveram à "insistente proclamação da vitória de Marcelo Rebelo de Sousa à primeira ou segunda volta", a qual terá contribuído para "conduzir à abstenção de muitos milhares de eleitores".

Tópicos