Presidente recebe partidos. Costa prepara arranque de negociações

por RTP
António Costa prepara negociações com partidos à esquerda. PR hoje hoje todos os partidos com assento parlamentar Lusa

O Presidente da República reúne-se esta terça-feira com os partidos eleitos para o Parlamento. Para além do PS, PSD, BE, CDU, CDS e PAN, Marcelo irá também receber os três novos partidos que vão entrar para o Parlamento: o Iniciativa Liberal, Chega e Livre. Marcelo Rebelo de Sousa quer indigitar o mais rápido possível António Costa como primeiro-ministro. A RTP sabe que o líder do PS tem já marcadas para quarta-feira as primeiras reuniões para os entendimentos parlamentares à esquerda.

A RTP apurou que os primeiros encontros dos socialistas para potenciais entendimentos pós-eleitorais decorrem na quarta-feira.

À frente da delegação socialista estará António Costa, primeiro-ministro e secretário-geral do PS, Carlos César, o presidente do partido, Ana Catarina Mendes, a secretária-geral adjunta, e Duarte Cordeiro, que substitui Pedro Nuno Santos, até aqui o homem forte do Governo nas negociações à esquerda.

O Livre, que se estreia no Parlamento, será o primeiro partido a reunir-se com o PS, pelas 10h00. Seguem-se o PAN, às 11h30, o PEV, às 14h00, e o PCP, pelas 16h00. Para as 18h00 está agendada a reunião com o Bloco de Esquerda.

A delegação do Bloco é composta pela coordenadora Catarina Martins e Pedro Filipe Soares, Mariana Mortágua e Jorge Costa.

O secretário-geral do PS, António Costa, convocou também, para quinta-feira, uma reunião da Comissão Política Nacional do seu partido para analisar os resultados das eleições legislativas de domingo.
Marcelo recebe partidos
Numa nota publicada no site oficial da Presidência da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa saudou "todos os candidatos que concorreram a estas eleições e felicita, em particular, os que foram eleitos deputados para a Assembleia da República”.

No documento é explicado que, “dado que se realiza a 17 e 18 de outubro um importante Conselho Europeu, nomeadamente por causa do Brexit, o Presidente da República receberá já na próxima terça-feira, dia 8 de outubro, em audiência, os partidos políticos com representação parlamentar, tendo em vista a indigitação do Primeiro-Ministro”.

A nomeação do primeiro-ministro ocorre de acordo com o artigo 187.ª da Constituição da República Portuguesa, que estabelece que "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Para além do PS, PSD, BE, CDU, CDS e PAN, Marcelo irá também reunir-se com os três novos partidos que vão entrar para o Parlamento: o Iniciativa Liberal, Chega e Livre.

Ainda de acordo com o site da Presidência, as audições vão começar pelo Livre, o partido menos votado, às 11h30, e terminam com o PS, às 20h00.

Às 12h00, o PR encontra-se com a Iniciativa Liberal, com o Chega às 12h30, o PEV às 13h00 e o PAN às 13h30.

À tarde, as audições no Palácio de Belém são retomadas às 16:00, hora prevista para a reunião com o CDS-PP. Seguir-se-á o PCP, às 17h00, o Bloco de Esquerda às 18h00, o PSD às 19h00 e o PS às 20h00.
Tópicos