Catar exige investigação "imparcial e imediata" a alegados crimes de guerra de Israel em Gaza

por RTP

O primeiro-ministro do Catar, país que tem mediado a libertação de reféns mantidos pelo Hamas em troca de prisioneiros palestinianos detidos por Israel, exigiu uma investigação "imediata, alargada e imparcial" a alegados crimes cometidos por Israel em Gaza, reporta a televisão Al Jazzera. O sheik Mohammed BinAbdulrahman al.Thani garantiu que o Catar irá prosseguir os esforços para facilitar novas tréguas em Gaza e conseguir um cessar-fogo permanente no enclave, acrescentou a mesma televisão, baseada precisamente no Catar.
pub