Sem querer "estragar a festa", MNE ucraniano pede mísseis Patriot

por Lusa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia alertou hoje que, apesar de ser um dia de celebração para a NATO, o país precisa de mais sistemas de defesa antiaérea para proteger a população da ofensiva russa.

"Não quero estragar a festa, mas a minha mensagem principal hoje é: Patriot", disse Dmytro Kuleba à chegada ao quartel-general da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), em Bruxelas.

O MIM-104 Patriot é um sistema de defesa antiaérea de fabrico norte-americano utilizado pelos Estados Unidos, Alemanha, Israel, Países Baixos, Turquia e outros países.

São produzidos nos Estados Unidos, mas a Alemanha e o Japão têm licenças para produção.

"Salvar vidas ucranianas, a economia ucraniana e as cidades ucranianas depende da disponibilização de sistemas Patriot e de outros sistemas de defesa. Referi o Patriot por ser o único que consegue intercetar mísseis balísticos", acrescentou o chefe da diplomacia ucraniana.

Dmytro Kuleba revelou que "só em março a Ucrânia foi atingida por 94 mísseis balísticos".

"Os aliados têm imensos [sistemas deste tipo]", completou.

Tópicos
pub