Maria Flor Pedroso entrevista Manuel Sobrinho Simões

| Maria Flor Pedroso
Maria Flor Pedroso entrevista Manuel Sobrinho Simões

Foto: Antena1

O maior problema de saúde pública em Portugal: a diabetes e a obesidade. Aqui ao lado em Espanha, com a mesma carga genética, não é assim.

Sobrinho Simões, professor, médico mas sem doentes, Prémio Pessoa, Prémio Ciência Viva, o patologista mais influente do mundo, lamenta em entrevista à Antena1 a degradação do ensino da medicina em Portugal. Por causa da falta de dinheiro, da falta de organização e da “lógica do consumismo médico, da produtividade e das consultas externas" que ainda não foi invertida por este Governo.

Elogia uma boa ideia do Ministério da Saúde que, no entanto, esbarrou na falta de dinheiro. A ideia era "finalmente articular as faculdades de medicina com os hospitais e institutos de investigação" e proporcionar aos médicos 30% do tempo para investigar. Isto obrigaria a que o Ministério da Saúde colocasse mais 30% de médicos nos hospitais. "Só que o Ministério não tem dinheiro para isso e estamos a piorar o ensino médico".

O maior problema de saúde pública em Portugal: a diabetes e a obesidade. Aqui ao lado em Espanha com a mesma carga genética não é assim.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevista exclusiva de Rui Rio à editora de política da RTP Luísa Bastos.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.