39 cadáveres encontrados num camião no Reino Unido

por RTP
Local onde foi encontrado o camião com os cadáveres Peter Nicholls - Reuters

Trinta e nove pessoas foram encontradas mortas dentro de um contentor de um camião no parque industrial de Essex, no Reino Unido. O condutor, um homem de 25 anos da Irlanda do Norte, foi detido por suspeitas de homicídio.

O veículo terá vindo da Bulgária e entrou em território britânico no sábado.

"É um trágico incidente onde um grande número de pessoas perdeu a vida", afirmou o superintendente-chefe da polícia de Essex, Andrew Mariner. "A nossa investigação vai tentar perceber o que aconteceu".

As autoridades estão neste momento a tentar identificar as vítimas. Um processo, dizem, que será demorado. Entre as vítimas, está um adolescente.


"Pensamos que o camião é da Bulgária e entrou no nosso país em Holyhead no sábado", disse este elemento das autoridades britânicas. "Estamos a trabalhar de forma próxima com os nossos parceiros para investigar. O condutor do camião foi detido pela ligação ao incidente e está sob custódia da polícia enquanto a nossa investigação está em curso".
Identificação das vítimas é prioridade
Em conferência de imprensa no local, a polícia de Essex frisou que ainda não foi possível esclarecer a identidade das vítimas, nem de onde são provenientes. "A identificação das vítimas é a nossa principal prioridade", garante.

"Entendam que estamos na fase inicial do que será, provavelmente, uma investigação demorada", alertou Constable Pippa Mills, da polícia de Essex, considerando estarmos perante uma "absoluta tragédia".

As autoridades lançaram um apelo para que quem possa ter alguma informação relevante possa entrar em contacto com os investigadores de Essex. Elementos da National Crime Agency foram deslocados para o local para auxiliar a investigação.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bulgária afirmou ao jornal búlgaro Dnwvnik que a Embaixada está em contacto com as autoridades britânicas para avaliar os factos.

Um cordão policial foi instalado no Parque Industrial Waterglade, em Thurrock, que permanece fechado.

Numa primeira reação, o primeiro-ministro britânico, que está a acompanhar a situação, afirmou que os seus "pensamentos estão com todos os que perderam a vida" e seus familiares.

Em comunicado, a polícia de Essex esclarece que foram chamados por "colegas do serviço de ambulâncias pouco depois da 1h40 da manhã" após a descoberta de um camião com "pessoas no seu interior no parque industrial de Waterglade", em Grays.

Os serviços de emergência deslocaram-se ao local mas "infelizmente 39 pessoas foram dadas como mortas no local". Entra as vítimas estão 38 adultos e um jovem.