Ataque a tiro provoca três mortos e 11 feridos em duas escolas do Brasil

por Lusa

Um ataque a tiro em duas escolas provocou hoje pelo menos três mortos e deixou outras 11 pessoas feridas em Aracruz, cidade no estado brasileiro do Espírito Santo, referiram os `media` locais.

Os disparos foram perpetrados por um atirador ainda não identificado na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primo Bitti e na escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, segundo o Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

"Com sentimento de pesar e muita tristeza, estou acompanhando de perto a apuração da invasão nas escolas Primo Bitti e Darwin, em Aracruz. Todas as nossas forças de segurança estão empenhadas. Determinei o deslocamento dos secretários de Segurança e Educação para acompanhar os trabalhos", escreveu o governador na rede social Twitter.

Citando um agente da polícia que está no local, o portal de notícias G1 informou que o atirador entrou primeiro na escola Primo Bitti com uma arma e fez vários disparos. O atirador terá invadido a sala dos professores e matado duas pessoas.

O suspeito estava com roupas camufladas, usava um colete e uma arma automática no atentado, segundo polícias citados pelos `media` locais, que iniciaram as investigações. O autor dos disparos está foragido e armado. 

Na sequência, o atirador seguiu num carro para a escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, localizada na mesma região em que fez o primeiro ataque.

Nesta segunda escola, o atirador matou um aluno e deixou cinco pessoas feridas, segundo os `media` brasileiros.

 

pub