Brexit. França disponível para dar mais alguns dias ao Reino Unido

por Antena 1

Foto: Olivier Matthys - Reuters

Os problemas que têm surgido com a saída do Reino Unido da União Europeia levaram França a revelar disponibilidade para dar mais alguns dias ao Parlamento britânico. Mas apenas alguns dias.

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus do Governo de Macron diz que a França não aceitará qualquer extensão do prazo para além disso.

A agência Reuters cita também uma fonte do gabinete do primeiro-ministro britânico, segundo a qual só com novas eleições poderá ser ultrapassado o impasse.

A fonte descreve a situação no Parlamento britânico como de rutura total.

O correspondente da Antena 1 em Londres, Bruno Manteigas, diz que não é impossível, mas não é tradição eleições no inverno e próximo do Natal e o que poderá acontecer a seguir.

O Parlamento britânico aprovou a proposta de lei apresentada pelo Governo e abriu caminho à discussão do acordo de saída negociado a semana passada por Boris Johnson com a União Europeia.

Por outro lado, o Parlamento rejeitou o calendário proposto por Boris Johnson.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, já reagiu à decisão do Parlamento britânico.

Depois de consultar os líderes europeus, Tusk diz que vai propor a extensão do prazo de saída do Reino Unido da União Europeia e acrescenta que vai propor também um procedimento que evite um novo concelho europeu para a aceitação do prolongamento do prazo.

A porta-voz da comissão europeia Mina Andreeva também já disse que a Comissão tomou nota da decisão do parlamento britânico e que o presidente da comissão está a consultar os líderes europeus sobre a proposta de adiamento do Brexit para 31 de Janeiro.