Última Hora
Euro2024. Portugal sofre mais vence Chéquia por 2-1

Britânico acusado de ajudar serviços secretos de Hong Kong encontrado morto

por Lusa

Um homem acusado no Reino Unido de ajudar os serviços secretos de Hong Kong e que estava em liberdade condicional foi encontrado morto e o caso está a ser investigado, revelou hoje a polícia britânica.

O corpo de Matthew Trickett, 37 anos, foi encontrado no domingo num parque em Maidenhead, a oeste de Londres, na sequência de uma dica de um transeunte, informou a polícia de Thames Valley, acrescentando que tinha sido iniciada uma investigação.

"Está a decorrer uma investigação sobre a morte, que está a ser tratada como não esclarecida", adiantou.

Juntamente com Chi Leung (Peter) Wai, 38 anos, e Chung Biu Yuen, 63 anos, Trickett, um antigo militar britânico, foi acusado na semana passada de crimes ao abrigo da Lei de Segurança Nacional britânica, incluindo assistência aos serviços de informação de Hong Kong e interferência estrangeira.

Segundo a polícia, os três homens procederam à recolha de informações, vigilância e atos de burla suscetíveis de ajudar um serviço de informações estrangeiro entre 20 de dezembro de 2023 e 02 de maio.

Foram também acusados de forçar a entrada numa habitação a 01 de maio.

A imprensa britânica adiantou que os homens estavam a vigiar ativistas políticos pró-democracia originários de Hong Kong. 

Uma audiência no Tribunal Criminal Central de Old Bailey está agendada para 24 de maio.

Na altura, as autoridades chinesas condenaram "veementemente" o governo britânico por "fabricar acusações, prender arbitrariamente cidadãos chineses e difamar" o governo de Hong Kong.

Tópicos
pub