Bruxelas avança com Cartão Europeu de Deficiente

por Andrea Neves, Correspondente Antena 1 em Bruxelas

DR

A Comissão Europeia vai avançar com um Cartão Europeu de Deficiente para facilitar a livre circulação de pessoas dentro da União Europeia.

Bruxelas quer reforçar a independência, a autonomia e a igualdade de oportunidades para as pessoas com deficiência.

O Cartão Europeu de Deficiente hoje proposto baseia-se num projeto piloto que tinha sido lançado em fevereiro de 2016 em oito Estados-membros da União.

A proposta também prevê preencher a ausência de um reconhecimento mútuo do grau de deficiência de um cidadão dos 27.
pub