Centro de Itália abalado por novo sismo e réplica

por RTP
O primeiro abalo levou ao colapso de uma igreja em Campi di Norcia.

Um sismo e uma réplica de 5.4 e 5.9 na escala de Richter fizeram-se sentir esta quarta-feira em Itália, junto à cidade de Perugia e nas cidades circundantes.

Um sismo de magnitude 5.9 na escala de Richter, abalou a cidade italiana dpouco depois das 21h00 locais (20h00 em Lisboa) na cidade italiana de Perugia.  O mais recente abalo, uma réplica ainda mais forte, teve epicentro 68 quilómetros a leste da cidade de Perugia.

Foi o segundo abalo sentido em Itália no espaço de duas horas. Ao fim da tarde, por volta das 19h00 locais, foi registado um sismo de magnitude 5,4 na escala de Richter na zona de Macerata. O sismólogo Alessandro Amato, do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (Ingv) disse à agência Ansa que este evento estaria ainda ligado ao mortífero terramoto de 24 de agosto.

Do primeiro terramoto resultaram  dois feridos sem gravidade em Visso, Macerata, e alguns desabamentos de habitações.

"De momento, há dois feridos em Visso. Várias destruições materiais também foram assinaladas", refere um comunicado da proteção civil italiana.

Um mapa do jornal La Repubblica mostra o epicentro do terramoto.



Segundo a imprensa italiana, a situação mais crítica neste momento é a de Castelsantangelo sul Nera, onde as povoações ficaram sem eletricidade.

"A belíssima igreja de San Salvatore di Norcia depois do terramoto de 26/10/2016. Incrível.", diz um utilizador no Twitter, referindo-se à igreja de Campi di Norcia.

Escolas fechadas
Os dois sismos também foram sentidos em Amatrice, cidade fustigada em agosto por um terramoto de 6,0 na escala de Richter, que fez 298 mortos, e também em Aquila, onde um potente abalo causou mais de 300 mortos em 2009.

O perito explicava que "ainda é muito cedo para uma análise mais aprofundada, mas já se pode dizer que o terramoto ocorreu numa outra estrutura ligada a essa falha"

Para evitar quaisquer acidentes, as escolas de Macerata, L'Aquila, Camerino, Assisi, Bastia Umbra, Terni, Rieti, Ascoli Piceno, Perugia, Teramo e Castelli vão estar encerradas para verificação das estruturas dos edifícios após os dois terramotos.

O segundo abalo interrompeu durante três minutos o jogo entre o Pescara e o Atlalanta, a contar para a 10ª jornada da I Liga italiana de futebol.
Tópicos