Coreia do Norte informa Japão sobre intenção de lançar satélite

por Lusa
A Coreia do Norte mostra-se firme nas suas intenções Jeon Heon-Kyun - EPA

A Coreia do Norte notificou o Japão da intenção de lançar um novo satélite antes de 4 de junho, anunciou o governo nipónico.

O aviso de Pyongyang surgiu horas antes da realização de uma cimeira entre o Japão, a China e a Coreia do Sul, em Seul.

Na notificação, a Coreia do Norte designa três áreas marítimas como potenciais zonas de perigo para a queda dos destroços do foguetão necessário para o lançamento do aparelho: duas a oeste da península coreana e uma a leste da ilha filipina de Luzon, segundo dados recebidos pela guarda costeira japonesa.

Os três locais coincidem com as zonas demarcadas pelo regime norte-coreano para os lançamentos do ano passado.

Autoridades dos Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul mantiveram contactos telefónicos após o anúncio e concordaram em apelar a Pyongyang para que cancele o plano, uma vez que envolve a utilização de tecnologia balística, algo proibido pelas sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU ao país.

A Coreia do Norte prometeu lançar mais três satélites espiões em 2024, depois de ter colocado em órbita o primeiro em novembro do ano passado e de duas tentativas falhadas no início do ano.

 

Tópicos
pub