Covid-19. Macau volta aos poucos à normalidade

por Antena 1

Foto: Reuters

Há 35 dias seguidos que não há qualquer novo doente com coronavírus no território macaense. A Região Administrativa Especial está a ser encarada como um exemplo no combate à propagação da doença.

O jornalista Rui Cid, da TDM-Rádio Macau, explica que o Governo local colocou em prática várias medidas preventivas, assim que o surto teve início.

Apesar do aparente recuo da doença, o Governo chines não quer voltar a ter em mãos um novo surto e ordenou que fossem colocadas de quarentena todas as pessoas que vierem de fora da China.

As autoridades regionais de Pequim anunciaram, esta quarta-feira, que todas as pessoas que chegarem à capital chinesa provenientes do estrangeiro terão de cumprir obrigatoriamente um período de duas semanas de quarentena.

O objetivo é evitar a importação de novos casos de infeção pelo novo coronovarírus, responsável pela doença Covid-19.

Na província de Hubei várias empresas começaram a regressar à atividade, depois do isolamento imposto durante várias semanas pelas autoridades do país.

No local de origem desta epidemia, mantém-se a tendência de estabilização do número de pessoas infetadas.
pub