Desaparecimento de Madeleine McCann. O documentário da Netflix

| Mundo

|

A Netflix lançou hoje o vídeo de promoção ao documentário sobre um dos maiores casos de sempre relacionados com o desaparecimento de uma criança. Madeleine McCann, a menina britânica que desapareceu do apartamento onde os pais estavam a passar férias, na Praia da Luz, no Algarve. Quase 12 anos depois, a Netflix volta a colocar no centro da atenção o caso. Um trabalho que conta com imagens e entrevistas feitas na altura pela RTP.

O documentário, dividido em vários episódios, revisita o caso que chamou a atenção de todo o mundo para a Praia da Luz, em Portugal. Madeleine McCann, na altura com três anos, despareceu do quarto onde estaria a dormir enquanto os pais jantavam num espaço próximo do apartamento que tinham alugado para as férias.




Esta série da Netflix não vai dar resposta à pergunta que todos ainda hoje fazem. O que aconteceu afinal? Mas passa pelos vários momentos da história, desde o início, em que se seguia a tese de rapto, até ao momento em que os próprios pais foram apontados como suspeitos pela morte da menina. Para além de todo o impacto mediático que o desaparecimento teve.

De acordo com o jornal britânico The Sun, o documentário volta a seguir a tese de que menina está viva, uma linha seguida por Jim Gamble, um especialista em proteção de crianças que esteve envolvido na investigação ao caso. Gamble acredita que Madeleine foi raptada por um grupo ligado ao tráfico de pessoas e que com os avanços na tecnologia - ligadas ao ADN e reconhecimento facial - será possível um dia saber o que realmente aconteceu.

No "The Atlantic", a jornalista Sophie Gilbert, que teve acesso a toda a série, conta que o documentário tenta explicar por que é que este caso capturou tanta atenção durante tanto tempo.

Os produtores entrevistaram várias pessoas que estiveram envolvidas no caso. Desde os investigadores que procuraram durante anos uma resposta para o paradeiro da criança, a jornalistas que acompanharem o acontecimento de forma próxima, como é o caso de Sandra Felgueiras da RTP. o documentário conta ainda com entrevistas que foram feitas na altura pela RTP aos McCann.

Os pais de Madeleine McCann recusaram qualquer envolvimento neste documentário. Ainda este mês publicaram uma declaração no site FindMadeleine.com onde dizem que foram contactados pela produção mas não quiserem falar porque ainda está "em curso uma investigação policial".

O documentário "O Desaparecimento de Madeleine McCann" estreia esta sexta-feira.

Tópicos:

Madeleine McCann, Netflix,

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.