Dezenas de mortos em ataque a creche na Tailândia

por RTP
Athit Perawongmetha - Reuters (arquivo)

Pelo menos 34 pessoas, entre as quais 22 crianças entre os dois e os três anos de idade, morreram esta quinta-feira, em Na Klang, no norte da Tailândia, vítimas de um ataque perpetrado por um homem armado com uma espingarda, uma pistola e uma faca. O presumível atacante, identificado pelas autoridades como um ex-polícia de 34 anos, terá também assassinado a mulher e o filho antes de se suicidar.

O desfecho foi relatado pelo coronel Jakkapat Vijitraithaya, da polícia da província setentrional tailandesa de Nong Bua Lamphu.O último balanço das autoridades locais refere pelo menos 34 mortos e 22 feridos.


O ataque teve início às 12h30 locais (6h30 em Lisboa) numa creche de Na Klang. O suspeito pôs-se em fuga numa viatura, de acordo com Vijitraithaya. Acabaria, segundo a polícia, por se suicidar, depois de matar a mulher e o filho.

Antes do tiroteio, o atacante tinha estado no tribunal por alegado consumo de drogas.

Em fevereiro de 2020, também na Tailândia, um oficial do exército – em alegado desentendimento com um superior hierárquico - desencadeou um tiroteio num centro comercial de Nakhon Ratchasima. Morreram então 29 pessoas.

pub