Eurodeputado do PSD em desacordo com Rangel quanto à atuação de Israel

por Antena 1

EPA

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Rangel, recusa-se a encarar as ações de Israel na Faixa de Gaza como genocídio do povo palestiniano. Mas o eurodeputado Carlos Coelho considera que as linhas não são assim tão claras.

Carlos Coelho afasta-se assim da posição do ministro dos Negócios Estrangeiros quanto ao comportamento de Israel na Faixa de Gaza. Posição assumida no programa Geometria Variável da Antena1.

pub