Força Aérea já intercetou cerca de 50 aviões russos no Báltico

por RTP

Está a aumentar o número de interceções de aviões militares russos por caças F16 portugueses da NATO, nos países Bálticos. Desde maio, a missão de policiamento chefiada pela Força Aérea na Lituânia já registou perto de 50 interceções de aeronaves russas.

Além dos aviões portugueses, a Aliança Atlântica conta com caças espanhóis e franceses para garantir o patrulhamento aéreo da região.

O ministro da Defesa está a visitar o destacamento de quatro F16 e um avião P3 Orion nacionais na Lituânia onde se encontram estacionados 116 militares.
pub