França. Greve geral deixa serviços encerrados e Torre Eifell fechada

por RTP

A greve geral desta terça-feira em França deixou escolas encerradas, hospitais a meio gás e transportes parados. Até a Torre Eifell se encontra fechada.

A paralisação foi convocada por todos os sindicatos para contestar o novo sistema universal de pensões, que substitui os 42 sistemas atuais e que, entre outras medidas, aumenta a idade de reforma dos franceses.

Os transportes vivem o 13.º dia de greve e a situação pode estender-se até ao final do ano, sem pausas para Natal ou passagem de ano.

Hoje os professores, médicos, enfermeiros, farmacêuticos, advogados, magistrados e trabalhadores do setor público juntaram-se à contestação.

A correspondente da RTP em Paris, Rosário Salgueiro, está a acompanhar a situação.
pub