Gaza. Três dos quatro hospitais que ainda estão a funcionar foram atacados

por Cláudia Aguiar Rodrigues

Reuters

Pelo menos nove pessoas morreram. O alerta foi deixado esta terça-feira pelas Nações Unidas. A organização diz que as condições humanitárias no terreno são cada vez mais graves, com destaque para o sul, onde Israel intensificou os ataques.

A Organização Mundial da Saúde pede um reforço urgente dos meios no terreno e descreve uma situação cada vez mais preocupante.
pub