Ilhas Salomão anunciam visita do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês

por Lusa
As Ilhas Salomão acabam de anunciar a visita do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês D.R.

O governo das Ilhas Salomão confirmou a visita do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, após o anúncio, em abril, de um controverso pacto de segurança entre Pequim e Honiara.

Em comunicado, o primeiro-ministro das Salomão, Manasseh Sogavare, disse que, durante a visita, vão ser assinados uma série de "importantes acordos bilaterais", sem especificar o conteúdo.

O acordo no âmbito da segurança, anunciado no mês passado, sem avançar detalhes, abre a possibilidade de a China enviar forças de segurança para as Ilhas Salomão, caso Honiara o solicite.

O país tem um acordo deste género com a Austrália e Nova Zelândia.

No entanto, o aspeto que mais gera tensão é a possibilidade de o país asiático estabelecer uma base naval no território do Pacífico, algo que o governo das Ilhas Salomão nega.

O pacto de segurança gerou preocupação na região, onde Camberra e Wellington temem a expansão da influência de Pequim nas nações insulares do Pacífico e a hipotética militarização da área.

A confirmação da visita ocorre horas antes da realização da cimeira, em Tóquio, entre os líderes do Quad, a aliança de defesa informal formada por Japão, Estados Unidos, Austrália e Índia que busca servir de contrapeso à crescente influência económica e militar de Pequim na região.

Além das Ilhas Salomão, o chanceler chinês, que viaja "acompanhado de uma delegação de 20 membros", vai visitar outras nações do Pacífico, como as Fiji e Papua Nova Guiné, segundo a cadeia televisiva pública australiana ABC.

A ABC indicou que Wang Yi chegará a Honiara na quarta-feira à noite e que, na quinta-feira, reunirá com o primeiro-ministro.

Conforme publicado no sábado pelo jornal Financial Times, que cita fontes dos serviços de inteligência dos EUA, a China está a negociar com as ilhas de Kiribati e uma outra nação do Pacífico acordos de segurança semelhantes ao alcançado com as Ilhas Salomão.

 

Tópicos
pub