Israel preparou-se para um "ataque direto" do Irão diz Netanyahu

por Lusa

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse hoje à noite que Israel preparou-se para "a possibilidade de um ataque direto do Irão" e que está "pronto para enfrentar qualquer cenário, tanto em termos de defesa como de ataque".

"Apreciamos a presença dos Estados Unidos ao lado de Israel, bem como o apoio da Grã-Bretanha, da França e de muitos outros países", acrescentou o primeiro-ministro num discurso em vídeo, numa altura em que a ameaça de uma operação iraniana contra o país é considerada iminente.

O ministro da Defesa israelita, Yoav Gallant, afirmou hoje que Israel aumentou as suas capacidades de defesa e ofensivas contra a possibilidade de "um ataque planeado pelo Irão e pelos seus representantes contra o Estado de Israel".

Este anúncio surge horas depois de a Guarda Revolucionária Iraniana ter sequestrado um navio no Golfo Pérsico ligado à empresa Zodiac Maritime, de bandeira portuguesa, propriedade de um empresário israelita.

Esta captura aumentou ainda mais as tensões na região, mas especialmente em Israel, que aguarda um ataque de retaliação - preparado pelo Irão, mas que pode vir de países aliados - após o bombardeamento do consulado iraniano em Damasco, a 1 de abril, no qual morreram sete membros da Guarda Revolucionária e seis cidadãos sírios.

Tópicos
pub