Jacob Zuma, um Presidente de escândalos permanentes

| Mundo
Jacob Zuma, um Presidente de escândalos permanentes

A ver: Jacob Zuma, um Presidente de escândalos permanentes

O jornalista António Mateus faz a leitura do momento político na África do Sul e considera que a demissão surge da "falta de credibilidade" que vinha a afetar o Presidente sul-africano.

António Mateus sublinha que Zuma "confundia os privilégios pessoais com o desempenho da chefia do Estado".

"Teve de calçar os sapatos de uma herança pesada, a de Nelson Mandela, mas esteve bastante longe dela em termos éticos, de rigor de governação", refere o jornalista.

Sobre o possível sucessor, o jornalista da RTP diz que Cyril Ramaphosa é "o homem que Nelson Mandela sonhava que o substituiria um dia no cargo". Foi inclusive o braço direito do ex-Presidente nas negociações para o fim do apartheid.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.